É O MOMENTO: DE TOMAR DECISÕES

Diariamente, há algo que dá forma à nossa vida: AS DECISÕES QUE TOMAMOS.

A todo o momento tomamos decisões. Mas há quem tenha tanto medo de tomar decisões que deixa essa tarefa para outras pessoas. A meu ver, a única razão pela qual existe este medo de decidir é porque as pessoas querem tomar sempre a melhor decisão possível. A decisão perfeita. Não querem sentir a dor de terem tomado a decisão errada e a mesma ter criado consequências menos positivas. E, por demasiadas vezes, para se tomar a decisão perfeita, acaba por se adiar a tomada de decisão, o que acaba também por ser uma decisão: a decisão de não decidir ou a decisão de decidir não fazer nada.

MAS, AFINAL, O QUE É UMA DECISÃO PERFEITA?

Resumidamente, é aquela decisão tomada que irá levar a que tudo que daí advenha seja vantajoso e bom (ou excelente) para nós.

Que eu conheça, só há uma maneira de aprender a tomar decisões perfeitas: é TOMAR MAIS DECISÕES. Criar o hábito de decidir e tomar decisões. Porque quando se toma mais decisões, toma-se decisões boas e decisões menos boas e com ambas aprende-se a tomar melhores decisões. Interessante é perceber que aprendemos mais rapidamente com uma má decisão do que com uma boa. Quando se desenvolve um hábito de tomar mais decisões, vamos acertar e vamos errar. Mas aprendemos. E o mais importante é isso mesmo – a aprendizagem. Pois durante toda a nossa vida, aquilo que nos faz mudar e evoluir é a aprendizagem. Sempre que aprendemos coisas novas ou reforçamos aprendizagens a nossa vida muda e evolui. E muda porque tomamos decisões que nos levam a mudar.

SABIA QUE HÁ MUITOS ANOS, ERA VOCÊ AINDA BEBÉ E JÁ ESTAVA A TOMAR DECISÕES?

Talvez não se lembre disto, conscientemente, mas quando ainda tinha poucos meses de idade, você começou a aprender a caminhar… observando e imitando aqueles gigantes à sua volta… e chegou um dia em que tomou uma decisão muito importante, uma decisão que viria a mudar a sua vida… começar a caminhar. Foi nesse dia, que você se levantou e deu os primeitos passitos. Mas após dois ou três passinhos pequeninos, tão certo quanto está a ler isto, você caiu de rabo no chão. E nesse momento você aprendeu que havia uma maneira certa e uma maneira errada de se equilibrar e tomou a decisão de se levantar e tentar novamente. E foi assim: tentando, errando, tentando, acertando… que hoje caminha e faz isso tão automaticamente que nem sequer necessita de pensar nisso. 

É assim que acontece com tudo… NA VIDA! Aprende… tenta… erra… tenta de novo… acerta… e torna-se parte de si. Mas repare que ERRAR faz parte do processo. Para quem tem medo de tomar decisões, porque tem medo de errar, saiba que na sua vida tudo de importante que aprendeu envolveu momentos em que errou. Aconteceu quando aprendeu a caminhar, a falar, a ler, a escrever, a andar de bicicleta, a conduzir, etc. Enfim… tudo aquilo que hoje em dia dá por garantido e nem pensa nisso.

Em suma, as decisões são tão importantes que a cada momento você está a decidir. A cada segundo, a cada minuto, a cada hora e momento do seu dia as decisões que toma estão constantemente a influenciar a sua vida, positiva ou negativamente.

EnglishPortuguese