O JOGO DA VIDA

Já alguma vez pensou que a vida é um jogo?

Talvez considere isto um disparate, mas acompanhe as próximas linhas enquanto lhe explico a minha ideia. A vida é mesmo um jogo. E somos todos amadores neste jogo da vida, não é verdade?

Tenho para mim que das coisas mais importantes em se jogar um jogo é a DIVERSÃO. A principal característica para se querer jogar um jogo é DIVERTIR-SE enquanto se joga, certo? Se não é para se divertir, então para quê jogar? Eu sei que há quem leve o jogo demasiado a sério. Tão a sério que se esquece de se divertir. Mas, o que é que acontece quando o jogo que está a jogar deixa de ser divertido? Quer desistir e parar de jogar, não é?

Mas no jogo da vida, não vale desistir! Porque neste jogo há os jogadores e os espectadores. Os jogadores são aqueles que correm, que enfrentam o calor, o frio, o sol e a chuva. São aqueles que caem e que se levantam; podem magoar-se e até serem derrotados, mas também podem ganhar e gritar VITÓRIA no final. Por outro lado, os espectadores estão protegidos do calor e do frio nas bancadas ou em casa. Querem viver de forma tão segura que deixam de viver verdadeiramente. Mas um jogo é feito de incerteza. É feito de insegurança. Sem isso não tem piada alguma. Já viu o que era você saber os resultados de todos os jogos da liga antes de eles acontecerem? Talvez esteja a pensar que isso seria fantástico! Até podia jogar no placard com a certeza que iria ganhar. Mas, paradoxalmente, não teria piada nenhuma. Acredite que iria detestar isso, porque iria ficar aborrecido como sei lá o quê!

Porque… neste jogo da VIDA, embora esteja sempre à procura de certezas, a verdade é que não há certezas. E ainda bem! Seria um tédio se assim fosse. Por isso mesmo é que, quando tudo parece estar estável, a Vida está constantemente a pregar-nos surpresas. Por vezes, estas surpresas vêm disfarçadas de PROBLEMAS. Mas os problemas são a forma da vida nos mostrar a força que temos e que demasiadas vezes esquecemos que temos.

Se olhar para a sua Vida lá para trás  e reparar em todos os problemas que teve… até agora, e como naquele momento não sabia como iria conseguir resolver, como iria solucionar aquele problema terrível… e até pensava que era a pior coisa que podia estar a acontecer. Mas hoje consegue olhar para isso e pode até sorrir… ou mesmo que não consiga sorrir (ainda!), talvez possa compreender agora como foi capaz de ultrapassar aquele problema, sobreviver àquele problema e… se der a si a oportunidade de aprender com o problema… poderá perceber que ficou mais forte por isso e não mais fraco. Talvez não veja ou entenda os problemas desse modo e aquilo que mais deseja é NÃO TER MAIS PROBLEMAS na sua vida. Quanto a isso, vou partilhar um segredo consigo… chegue aqui bem perto… OS PROBLEMAS NÃO VÃO DEIXAR DE EXISTIR… você, eu e os outros podemos parar de existir fisicamente, mas os problemas vão continuar por aí… a viajar… eles não vão desistir do seu propósito: TORNAR AS PESSOAS MAIS FORTES! Os seus problemas querem que você seja mais forte. E para fazer isso, eles não podem dar-lhe demasiado conforto. NEM PENSAR! Eles querem fortalecer o seu interior. Eles querem que seja mais forte para jogar o JOGO DA VIDA! É por isso que a Vida é mesmo a melhor terapia…

EnglishPortuguese